Busca de Diários Oficiais


Diário PR - Com. Ind. e Serviços

entende nao ser necessaria a constituicao de provisao para eventual perda. Os saldos estao
apresentados abaixo, por natureza.
31/12/2018 31/12/2017
Tributarias
159.237
141.099
Trabalhistas
13.444
10.314
Civeis
6.131
9.850
3.753
920
Outras
182.565
162.183
No exercicio de 2017 a Companhia recebeu um auto de infracao no. 10980.720341/2017-19,
no valor de R$ 107.164, para cobranca de suposto credito tributario de IRPJ e CSLL,
referentes ao ano-calendario 2012 a 2014, em virtude da glosa dos valores relacionados a
despesas do Contrato de Concessao e glosa do aproveitamento fiscal do agio de rentabilidade
futura referente ao investimento efetuado em 2011 para a aquisicao de 50,00% (cinquenta
por cento) das acoes da Companhia. No primeiro semestre de 2018 a Companhia foi citada
do processo de execucao fiscal no 5013752-24.2018.4.04.7000, que engloba a cobranca de
IRPJ/CSLL relacionado a Discussao Despesas da Concessao (exercicio sociais de 2009 a
2012, no valor de R$ 164.615) e Discussao Agio Aquisicao 2011 (meses de novembro e
dezembro do exercicio social de 2011, no valor de R$ 5.369). A execucao fiscal encontra-se
com o juizo garantido (seguro garantia), sendo que na avaliacao dos advogados a Discussao
Despesas da Concessao possui probabilidade de perda remota e a Discussao Agio Aquisicao
2011 possui probabilidade de perda possivel no montante de R$ 5.369. arcimento de perdas
ocorridas por contingencias se originadas em data anterior a 06 de julho de 2011, com
previsao de retencao de dividendos, junto aos antigos acionistas. Como descrito na Nota 10,
este instrumento foi totalmente liquidado em fevereiro de 2018 ocasionando a baixa da
provisao de contingencia tributaria no montante de R$ 4.575. Em algumas causas em que a
Companhia esta discutindo judicialmente sao efetuados depositos judiciais conforme
requeridos pelos respectivos processos. Os depositos judiciais estao registrados como a
seguir:
31/12/2017 Adicoes Baixas 31/12/2018
Trabalhista
8.830
794 (6.625)
2.999
1.601
1.601
Civel e Tributario
10.431
794 (6.625)
4.600
15. Outras obrigacoes
31/12/2018 31/12/2017
Adiantamentos de clientes
1.032
1.154
Provisao de bonus
9.435
7.907
Provisao de ferias e 13o
4.430
3.820
Outras obrigacoes trabalhistas
4.577
4.438
Outras obrigacoes
5
6
12.234
Seguro recebido*
19.479
29.559
* Vide nota explicativa 24.
31/12/2018 31/12/2017
16. Impostos e contribuicoes a recolher
Contribuicao social
4.570
652
Imposto de renda
10.528
ISS
2.549
1.631
INSS s/Faturamento
330
384
PIS e COFINS
1.159
1.496
2.367
2.993
Outros impostos a recolher
21.503
7.156
17. Programa de Recuperacao Fiscal - REFIS IV: Amparada na Lei N.o11.941 de 27 de maio de
2009, a Administracao protocolou, em novembro de 2009, seu pedido de opcao pelo Programa de
Recuperacao Fiscal - REFIS IV. A adesao consolidou debitos de PIS e COFINS no montante
principal de R$15.952 dos exercicios de 2002 a 2004, devido a pagamentos com creditos
glosados pelo Fisco. Na esfera judicial, a Companhia pleiteia a validacao de tais creditos os quais
foram utilizados para compensacao dos debitos de PIS e COFINS incluidos no REFIS IV,
conforme contestacao apresentada por seus consultores legais de que o exito neste pleito e mais
que provavel. A Companhia encontra-se em cumprimento sobre as exigencias de manutencao no
REFIS. Em 31/12/2018 e 2017 as dividas relativas ao REFIS consolidando multas e juros
reduzidos, perfazem os seguintes montantes:
31/12/2018 31/12/2017
Passivo circulante
1.878
1.878
8.450
10.956
Passivo nao circulante
10.328
12.834
A movimentacao dos saldos do REFIS e demonstrada a seguir:
31/12/2017
Atualizacao monetaria Amortizacoes 31/12/2018
REFIS
12.834
1.592
(4.098)
10.328
As parcelas de longo prazo, referentes a obrigacao do Refis, apresentam a seguinte
composicao por ano de vencimento:
Ano
Saldo
2020
1.878
2021
1.878
2022
1.878
2023
1.878
938
2024
8.450
Total

18. Patrimonio Liquido: a) Capital social: Em 31/12/2018, o capital social autorizado e de
R$109.379 (R$ 109.379 em 31/12/2017), representado por 8.116.936 acoes unitarias, ordinarias
nominativas. b) Reserva legal: Constituida na proporcao de 5% do lucro do exercicio, limitada a
20% do capital social ou, quando acrescida da reserva de capital, limitada a 30% do capital
social. Durante o exercicio findo em 31/12/2018, a Companhia constituiu reserva legal no valor
de R$ 3.057 (R$ 3.919 em 2017). c) Dividendos / destinacao do lucro: Aos acionistas e
assegurado um dividendo minimo correspondente a 25% do lucro liquido ajustado apos
constituicao da reserva legal, conforme estatuto social da Companhia, nos termos do artigo 22,
paragrafo 1. Em 31/12/2018 a Companhia apresentou lucro liquido de R$ 61.137 (R$ 78.382
em 2017), o que gerou dividendos minimos registrados no montante de R$ 14.520 em
31/12/2018 (R$ 18.616 em 2017). Em assembleia Geral Ordinaria realizada no dia 30 de abril de
2018, ficou determinado que o lucro liquido do exercicio de 2017 apos a constituicao da reserva
legal ficara retido, decisao tomada na forma do art. 202, 3o, II da Lei das Sociedades por Acoes,
ficando a destinacao de tal retencao no futuro, integral ou parcial, para distribuicao de dividendos
aos acionistas mediante deliberacao pelo Conselho de Administracao da Companhia. Desta
forma, os dividendos obrigatorios registrados em 31/12/2017 foram estornados em sua integra.
31/12/18 31/12/17
Destinacao do lucro do exercicio
Lucro liquido
61.137
78.382
Reserva legal (5%)
(3.057)
(3.919)
58.080
74.463
Lucro liquido ajustado
(14.520) (18.616)
Dividendos (25%)
43.560
55.847
Lucros retidos a distribuir
* A parcela de lucros retidos a distribuir sera devidamente destinada durante o exercicio 2019,
mediante AGO. d) Outras reservas: A constituicao das outras reservas no valor R$8.246
refere-se a segregacao dentro do patrimonio liquido para o lucro acumulado proveniente de
antiga controlada, antes de sua incorporacao, ocorrida em outubro de 2011. Este resultado
deriva basicamente do resultado de equivalencia patrimonial anterior a esta incorporacao. Pela
ocasiao da compra da Companhia, mencionada na nota explicativa 1, as outras reservas foram
revertidas para lucros acumulados, as quais terao a sua destinacao definida futuramente. 19.
Instrumentos financeiros e riscos de mercado: As operacoes da Companhia compreendem
a prestacao de servicos de operador logistico de cargas em geral e gestao e operacao de
portos, terminais, centros de distribuicao e outros. a. Risco de mercado: O risco de mercado e
o risco de que o valor justo dos fluxos de caixa futuros de um instrumento financeiro flutue
devido a variacoes nos precos de mercado. Os precos de mercado englobam tres tipos de risco:
risco de taxa de juros, risco cambial e risco de preco. Instrumentos financeiros afetados pelo
risco de mercado incluem, principalmente, caixa e equivalentes de caixa, aplicacoes financeiras
e emprestimos e financiamentos. Risco de taxa de juros: Com a finalidade de verificar a
sensibilidade dos indexadores das aplicacoes financeiras e dos emprestimos e financiamentos
que a Companhia possuia exposicao na data base de 31/12/2018, foram definidos cenarios de
apreciacao e depreciacao de 25% e 50%, e preparada uma analise de sensibilidade as
oscilacoes dos indicadores desses instrumentos. Com base no relatorio FOCUS de 28/12/2018
(ultimo dia util do mes) foi extraida a projecao do indexador CDI para os proximos 12 meses e
este definido como o cenario provavel, sendo que a partir deste foram calculadas variacoes
decrescentes e crescentes de 25% e 50%, respectivamente.
Efeito na receita e despesa
Saldo
financeira (12 meses)
Cenario II Cenario III Cenario IV Cenario V
Fator de Risco
Risco 31/12/2018
(-25%)
(+25%)
(-50%)
(+50%)
Ativos
CDI - Aplicacoes
Queda
financeiras
do CDI
247.932
(3.979)
3.979
(7.959)
7.959
Passivo
CDI Emprestimos e
Alta
financiamentos
do CDI
648.319
10.406 (10.406)
20.811 (20.811)
Debentures
Alta
442.236
4.146
(4.146)
8.292
(8.292)
Importante: Todos os documentos armazenados para fins de busca e exibição no Radar Oficial são documentos de conhecimento público e disponibilizados por fontes oficiais em seus sites originais.