Busca de Diários Oficiais


Diário RS - Legislativo

DIARIO OFICIAL DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Porto Alegre, sexta-feira, 8 de novembro de 2019.

PRO 139

Muito obrigado. (Nao revisado pelo orador.)

O SR. PRESIDENTE (Vilmar Zanchin  MDB)  Continua em discussao o projeto de lei no
91/2019. (pausa) Por solicitacao do deputado Luiz Fernando Mainardi, concedo a palavra a S. Exa. para
discutir a materia.

O SR. LUIZ FERNANDO MAINARDI (PT)  Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados:
Parabens aos porto-alegrenses, que tem um Mercado Publico como o nosso. Mas tambem aos
gauchos, que tambem tem o Mercado Publico de Porto Alegre.
Brincaram comigo, dizendo que apenas os porto-alegrenses falam, mas eu devo dizer que o
Mercado Publico e tao publico, e tao do povo que ele nao pertence apenas aos porto-alegrenses; pertence a
todos aqueles que apreciam a cultura dos povos. E um local em que circulam dos mais pobres aos mais
ricos.
E um privilegio ter um mercado publico. A minha cidade, Bage, nao tem mais, e era um dos mais
lindos do Estado. A voracidade imobiliaria, esse conceito de novo mercado  nao o de voces , essa vontade
de se apropriar inclusive das coisas publicas, destruiu o Mercado Publico de Bage em 1952. No local,
construiram edificios horrorosos.
Alias, num desses edificios ha um monstrengo, ja que era para entregar para a cidade de Bage, em
contrapartida por aquele enorme terreno, situado no local mais central da cidade, um cineteatro para 2 mil
pessoas e um restaurante popular. Mas esta la um monstrengo ate hoje. Os donos da cidade de Bage
destruiram o mercado publico local, construiram os predios, venderam os apartamentos e entregaram para o
povo um monstrengo, que ate hoje nao foi concluido.
O Mercado Publico de Porto Alegre pode estar em risco? Pode, porque os que objetivam apenas o
lucro nao pensam em outra coisa a nao ser ver como podem obter mais lucro.
O que seria de Madri sem o seu Mercado de San Miguel? Quem vai a Montevideu encontra no
Mercado del Puerto, talvez um dos locais mais belos da cidade e mais agradaveis para se comer uma parrilla
e beber um vinho. Em Buenos Aires, como muitos de nos ja fomos, encontra-se o Mercado Publico de San
Telmo. Em Lisboa, esta o Mercado da Ribeira. Em Istambul esta o mercado publico mais velho do mundo,
cujas bancas, quando o visitei, estavam na oitava geracao. Eles se orgulhavam em dizer que eram a oitava
geracao do Mercado das Especiarias de Istambul.
Mercado publico e diferente. E aquilo que tem de mais publico, talvez so perca para uma praca
publica, porque se transmite de pai para filho, porque e da tradicao, onde se vende um charque que esta
sendo vendido ha mais de 100 anos. Sao a tradicao e a cultura, misturadas com as pessoas que sobrevivem.
E por essa ou por outra razao que entramos no Mercado Publico de Porto Alegre, que fica
empilhado de gente circulando, de pobre a remediado e a rico, de gente de tudo que e lugar, nao so de Porto
Alegre, mas de outros lugares do Estado, do Brasil e do mundo, porque quem chega a Porto Alegre vai
direto ao nosso Centro, o qual havera, sim, de ser um dia totalmente recuperado, com essa orla belissima.
Ha de ser recuperado todo o Centro, onde esta o Chale da Praca 15. O Mercado Publico e o lugar que as
pessoas mais apreciam conhecer.


Importante: Todos os documentos armazenados para fins de busca e exibição no Radar Oficial são documentos de conhecimento público e disponibilizados por fontes oficiais em seus sites originais.