Busca de Diários Oficiais


Diário CE - Executivo

Ico-Ce - PRAZO DE VIGENCIA DA ATA DE REGISTRO DE PRECO: 12 (doze) meses - VALOR GLOBAL DA ATA: R$ 93.600,00 (noventa e tres mil
e seiscentos reais) - CONTRATADA: JOAO VICTOR SILVA PEREIRA 08075067371, atraves de seu representante legal, o Sr. Joao Victor Silva Pereira
- ASSINA PELA CONTRATANTE: Ordenadora de Despesas da Secretaria do Trabalho e Assistencia Social, Sra. Maria do Socorro Lira - DATA DA
ASSINATURA DA ATA DE REGISTRO DE PRECO: 30 de abril de 2019. Ico/CE, 30 de abril de 2019. MARIA DO SOCORRO LIRA - ORDENADORA
DE DESPESAS DA SECRETARIA DO TRABALHO E ASSISTENCIA SOCIAL.
*** *** ***
ESTADO DO CEARA  PREFEITURA MUNICIPAL DE ICO  EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PRECO - O Municipio de Ico, atraves
da Secretaria da Educacao, torna publico o extrato da ATA DE REGISTRO DE PRECO N.o 13.004/2019 - PPRP, resultante do PREGAO PRESENCIAL No
13.004/2019 - UNIDADE ADMINISTRATIVA: Secretaria da Educacao - OBJETO: REGISTRO DE PRECO PARA FUTURAS E EVENTUAIS AQUISICOES
DE MATERIAL ESTRUTURADO PARA ALUNOS E PROFESSORES DA EDUCACAO INFANTIL DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO, PARA
ATENDER AS NECESSIDADES DA SECRETARIA DA EDUCACAO DO MUNICIPIO DE ICO-CE - PRAZO DE VIGENCIA DA ATA DE REGISTRO
DE PRECO: 12 (doze) meses - VALOR GLOBAL DA ATA: R$ 2.028.261,00 (dois milhoes, vinte e oito mil, duzentos e sessenta e um reais) - CONTRATADA:
MULTIPLUS EMPREENDIMENTOS EDUCATIVOS EIRELI, atraves de seu representante legal, o Sr. Jose Augusto Oliveira de Araujo Pontes - ASSINA
PELA CONTRATANTE: Ordenadora de Despesas da Secretaria da Educacao, Sra. Patricia Augusto Brasil Barbosa - DATA DA ASSINATURA DA ATA DE
REGISTRO DE PRECO: 30 de abril de 2019. Ico/CE, 30 de abril de 2019. PATRICIA AUGUSTO BRASIL BARBOSA - ORDENADORA DE DESPESAS
DA SECRETARIA DA EDUCACAO.

DIARIO OFICIAL DO ESTADO | SERIE 3 | ANO XI No081 | FORTALEZA, 02 DE MAIO DE 2019

97

NORPAR - NORDESTE EMPREENDIMENTOS E PARTICIPACOES S.A - CNPJ.: 02.457.106/0001-44 (SOCIEDADE FECHADA)
BALANCOS PATRIMONIAIS LEVANTADOS EM 31 DE DEZEMBRO
DE 2017 E DE 2016 (EM MILHARES DE REAIS - R$)
ATIVOS
Nota
explicativa 31/12/17 31/12/16
CIRCULANTES
Caixa e equivalentes de caixa
3
10
13
Impostos a recuperar
262
265
Total do ativo circulante
272
278
NAO CIRCULANTES
Imoveis a comercializar
4
14.431
14.408
Partes relacionadas
5
19
19
Outras contas a receber
24
24
Imobilizado
6
58
58
Total do ativo nao circulante
14.532
14.509
TOTAL DOS ATIVOS
14.804
14.787
PASSIVOS E PATRIMONIO LIQUIDO
Nota
explicativa 31/12/17 31/12/16
CIRCULANTES
Fornecedores
8
Impostos e contribuicoes a recolher
1
2
Partes relacionadas
5
6.324
6.190
Provisao para imposto de renda e contribuicao social
1
Total do passivo circulante
6.325
6.201
PATRIMONIO LIQUIDO
Capital social
7.1
9.226
9.226
Reserva legal
43
43
(Prejuizos) acumulados
(790)
(683)
Total do patrimonio liquido
8.479
8.586
TOTAL DOS PASSIVOS E PATRIMONIO LIQUIDO 14.804
14.787
DEMONSTRACOES DO RESULTADO PARA OS EXERCICIOS
FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2017 E DE 2016 (EM MILHARES
DE REAIS - R$)
Nota
explicativa 31/12/17 31/12/16
(DESPESAS) OPERACIONAIS
Gerais e administrativas
8
(72)
(21)
Honorarios da Administracao
10
(4)
(12)
Outras despesas operacionais liquidas
(5)
(1)
(81)
(34)
(PREJUIZO) OPERACIONAL ANTES
DO RESULTADO FINANCEIRO
(81)
(34)
RESULTADO FINANCEIRO
Despesas financeiras
9
(3)
(2)
Receitas financeiras
9
17
23
14
21
(PREJUIZO) ANTES DO IMPOSTO DE RENDA E
DA CONTRIBUICAO SOCIAL
(67)
(13)
IMPOSTO DE RENDA E CONTRIBUICAO SOCIAL
Imposto de renda e contribuicao social - correntes
(40)
(6)
(40)
(6)
(PREJUIZO) LIQUIDO DO EXERCICIO
(107)
(19)
DEMONSTRACOES DO RESULTADO ABRANGENTE PARA OS
EXERCICIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2017 E DE 2016
(EM MILHARES DE REAIS - R$)
31/12/17 31/12/16
(PREJUIZO) LIQUIDO DO EXERCICIO
(107)
(19)
Outros resultados abrangentes
RESULTADO ABRANGENTE TOTAL
DO EXERCICIO
(107)
(19)
DEMONSTRACOES DOS FLUXOS DE CAIXA PARA OS
EXERCICIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2017 E DE 2016
(EM MILHARES DE REAIS - R$)
31/12/17 31/12/16
(Prejuizo) antes do imposto de renda e
contribuicao social
(67)
(13)
Variacoes nos ativos e passivos operacionais
Imoveis a comercializar
(23)
(131)
Impostos a recuperar
3
(24)
Outras contas a receber
(24)
Fornecedores
(8)
3
Impostos e contribuicoes a recolher
(1)
1
Partes relacionadas
134
171
Caixa gerado pelas (aplicado nas) operacoes
38
(17)
Imposto de renda e contribuicao social pagos
(41)
(7)
Caixa liquido gerado pelas (aplicado nas)
atividades operacionais
(3)
(24)
(REDUCAO) AUMENTO LIQUIDO(A) DE CAIXA
E EQUIVALENTES DE CAIXA
(3)
(24)
SALDO DE CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA
No inicio do exercicio
13
37
No fim do exercicio
10
13
(REDUCAO) DE CAIXA
E EQUIVALENTES DE CAIXA
(3)
(24)

DEMONSTRACOES DAS MUTACOES DO PATRIMONIO LIQUIDO
PARA OS EXERCICIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2017 E
DE 2016 (EM MILHARES DE REAIS - R$)
Capital
Reserva
Prejuizo
Social
Legal acumulado
Total
SALDOS EM 31
DEZEMBRO DE 2015
9.226
43
(664) 8.605
Prejuizo liquido do exercicio
(19)
(19)
SALDOS EM 31 DE
DEZEMBRO DE 2016
9.226
43
(683) 8.586
Prejuizo liquido do exercicio
(107)
(107)
SALDOS EM 31 DE
DEZEMBRO DE 2017
9.226
43
(790) 8.479
NOTAS EXPLICATIVAS AS DEMONSTRACOES FINANCEIRAS
EXERCICIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2017 E DE 2016
(VALORES EXPRESSOS EM MILHARES DE REAIS - R$, EXCETO
SE DE OUTRA FORMA INDICADO)
1. CONTEXTO OPERACIONAL - A Norpar - Nordeste Empreendimentos
e Participacoes - S.A (Sociedade) foi constituida em 06 de abril de
1998 e seu objeto social consiste na incorporacao de empreendimentos
imobiliarios. 2.
APRESENTACAO
DAS
DEMONSTRACOES
FINANCEIRAS E PRINCIPAIS PRATICAS CONTABEIS. 2.1. Base
de apresentacao. As principais praticas contabeis utilizadas na preparacao
das demonstracoes financeiras para o exercicio findo em 31 de dezembro de
2017 foram aplicadas de modo consistente as praticas contabeis adotadas nas
demonstracoes financeiras referente ao exercicio findo em 31 de dezembro
de 2016.As demonstracoes financeiras foram preparadas de acordo com
as praticas contabeis adotadas no Brasil que compreendem a legislacao
societaria e aos pronunciamentos, as interpretacoes e as orientacoes tecnicas
emitidas pelo Comite de Pronunciamentos Contabeis, aplicaveis a entidades
de incorporacao imobiliaria no Brasil, aprovadas pelo Conselho Federal de
Contabilidade - CFC, incluindo a orientacao tecnica OCPC 04 - Aplicacao
da Interpretacao Tecnica ICPC 02 as Entidades de Incorporacao Imobiliaria
Brasileiras, no que diz respeito ao reconhecimento de receitas e respectivos
custos e despesas decorrentes de operacoes de incorporacao imobiliaria
durante o andamento da obra (metodo da porcentagem de conclusao - POC).
2.2. Caixa e equivalentes de caixa. O caixa e os equivalentes de caixa sao
mantidos com a finalidade de atender aos compromissos de caixa de curto
prazo da Companhia e nao para investimento ou outros propositos, possuem
conversibilidade imediata. 2.3. Imoveis a comercializar. Os imoveis sao
demonstrados ao custo de construcao, que nao excede ao seu valor liquido
realizavel. No caso de imoveis em construcao, a parcela em estoque
corresponde ao custo incorrido das unidades ainda nao comercializadas. O
custo incorrido compreende (construcao, materiais, mao de obra propria ou
contratada de terceiros e outros relacionados), despesas de legalizacao do
terreno e do empreendimento imobiliario, terrenos e encargos financeiros
aplicados no empreendimento incorridos durante a fase de construcao.
Quando o custo de construcao dos imoveis a comercializar exceder o fluxo de
caixa esperado das suas vendas, concluidas ou em construcao, uma perda de
reducao ao valor recuperavel e reconhecida no periodo em que foi determinada
que o valor contabil nao sera recuperavel. 2.4. Imobilizado. Esta registrado
ao custo de aquisicao e ou construcao, incluindo os estande de vendas e
apartamentos modelo decorados. A depreciacao e calculada pelo metodo
linear as taxas mencionadas na nota explicativa no 6 e leva em consideracao
Importante: Todos os documentos armazenados para fins de busca e exibição no Radar Oficial são documentos de conhecimento público e disponibilizados por fontes oficiais em seus sites originais.