Busca de Diários Oficiais


Diário PI - TRE

Ano2019, Numero 048                          Teresina, sexta-feira, 15 de marco de 2019                                                              Pagina 48
Diario da Justica Eletronico - Tribunal Regional Eleitoral do Piaui. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a Infraestrutura de Chaves Publicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereco eletronico http://www.tre-pi.jus.br
Publique-se. Registre-se. Intime-se. Ciencia ao MPE.
Decorrido o prazo recursal, arquivem-se os presentes autos, observadas as formalidades legais.
Barro Duro-PI, 11 de marco de 2019.
Patricia Luz Cavalcante
Juiza Eleitoral
PROCESSO No: 412-28.2016.6.18.0076
INTERESSADO: PARTIDO PROGRESSISTA - PP; LEANDRO PEREIRA DE ANDRADE, PRESIDENTE DO PARTIDO
MUNICIPIO: SANTA CRUZ DOS MILAGRES/PI
FINALIDADE: INTIMAR AS PARTES DA SENTENCA CONFORME SEGUE:
SENTENCA
Trata-se da prestacao de contas eleitoral relativa a arrecadacao e aplicacao de recursos na campanha eleitoral de 2016 da direcao 
municipal/comissao provisoria do Partido Progressista - PP, referente as eleicoes municipais do dia 02 de outubro de 2016 no municipio de 
Santa Cruz dos Milagres/PI.
O Cartorio Eleitoral informou que a agremiacao partidaria nao apresentou a prestacao de contas de campanha.
Notificado, o orgao partidario permaneceu omisso.
Instado a se manifestar, o Ministerio Publico Eleitoral opinou pelo julgamento das contas como nao prestadas.
E o sucinto relatorio. Passo a decidir.
A legislacao eleitoral preve a obrigacao de prestar contas por parte dos orgaos partidarios, ainda que constituidos sob forma provisoria. Alias, 
mesmo que nao tenha realizado campanha e nao tenha ocorrido movimentacao financeira ou estimavel em dinheiro, subsiste o dever de 
prestar de contas.
No caso em tela, o orgao partidario nao apresentou a prestacao de contas no prazo legal, nem no momento oportunizado para manifestacao, 
descumprindo, assim, a norma de regencia aplicavel ao caso.
EX POSITIS, em consonancia como o parecer do Ministerio Publico Eleitoral e com fulcro no art. 30, IV, da Lei 9.504/1997 c/c art. 68, IV, a, da 
Resolucao TSE n. 23.463/2015, julgo NAO PRESTADAS as contas da direcao municipal/comissao provisoria do PARTIDO PROGRESSISTA - PP, 
municipio de Santa Cruz dos Milagres/PI, relativa a arrecadacao e aplicacao de recursos financeiros na campanha eleitoral de 2016, e, por 
conseguinte, aplico-lhe a penalidade prevista no art. 73, II, da Resolucao TSE n. 23.463/2015.
Registre a decisao no Sistema de Informacoes de Contas Eleitorais e Partidarias (SICO).
Publique-se. Registre-se. Intime-se. Ciencia ao MPE.
Decorrido o prazo recursal, arquivem-se os presentes autos, observadas as formalidades legais.
Barro Duro-PI, 11 de marco de 2019.
Patricia Luz Cavalcante
Juiza Eleitoral
Importante: Todos os documentos armazenados para fins de busca e exibição no Radar Oficial são documentos de conhecimento público e disponibilizados por fontes oficiais em seus sites originais.