Busca de Diários Oficiais


Diário RJ - Just.Est. - II - Judicial - 2ª Instância

os policiais somente implicaram com o interrogando; que a droga era sua; que correus nao sabiam que estava com a pistola; que ficou com medo de o Danilo nao deixar que levasse a arma; que tambem nao contou sobre a droga porque dormiu na viagem; que usa maconha e Patrick tambem e estava levando as drogas para o uso de ambos; que questionado pela Promotora de Justica sobre existir festa num sitio em Teresopolis numa terca-feira, respondeu que sim; que e usuario de maconha; que Patrick tambem usa; que sao amigos, vizinhos do mesmo bairro; que nao foi o interrogando que deu R$ 100,00 para Patrick pagar o uber; que os policiais subornaram e prejudicaram o interrogando; que somente tinha maconha; que nao tinha po nenhum ; que a festa que iriam seria churrasco, piscina; que e vigia noturno, sempre trabalhou e tinha carteira assinada; que nao tem envolvimento nenhum com trafico de drogas. REU PATRICK ALVES SANCHES - que Jorge o chamou para ir a uma festa em Teresopolis, tendo contratado o Danilo de uber; que o buscaram em casa para vir para Teresopolis; que o carro teve um problema no caminha, com o fio da bateria; que Danilo saiu do carro para consertar; que os policiais os abordaram, encostando-os no carro; que nao viu que Jorge estava armado; que tambem nao viu drogas; que e usuario de drogas; que fuma maconha; que ja fumou com Jorge; que Jorge trabalha como seguranca; que o interrogando nao estava trabalhando na epoca dos fatos; que Jorge o chamou para a festa em Teresopolis no dia anterior; que ficou aguardando Jorge na porta de sua casa; que a festa era numa terca-feira; que nao tinha nada na mochila; que nao tinha nada no carro; que nao tinha nem droga, nem arma com Jorge; que nao conhecia os policiais; que mora em Itaborai;

Importante: Todos os documentos armazenados para fins de busca e exibição no Radar Oficial são documentos de conhecimento público e disponibilizados por fontes oficiais em seus sites originais.