Busca de Diários Oficiais


Diário RS - Legislativo

DIARIO OFICIAL DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Porto Alegre, quinta-feira, 12 de dezembro de 2019.

PRO 72

Os governantes sempre desejam prestar bons servicos a populacao. Nao ha governo e nao ha governante que
nao queira praticar o bom servico. Desejam realizar obras viarias, de saneamento, oferecer bom transporte, condicoes
para o escoamento das safras, educacao e saude de qualidade para toda a gente.
Mas isso nao se faz com o orcamento cravado no vermelho, que e a nossa realidade. Precisamos cruzar esta
linha.
Como dizem la na minha fronteira, deputado Ernani Polo, precisamos cruzar esta sanga, rumando na direcao
contraria a da insolvencia. E como o governador Eduardo Leite vem dizendo: o que falta ao Executivo nao e boa
vontade, e dinheiro. De fato, precisamos de dinheiro novo.
Paralelamente as acoes de enxugamento e contencao de despesas, o governo do Estado vem procedendo numa
serie de medidas que visam a captacao de novos empreendimentos. Tais medidas passam pelo estabelecimento de um
ambiente de plena seguranca juridica, deputado Luiz Henrique Viana, pelo aperfeicoamento de processos, pelo
estabelecimento de parcerias publico-privadas e, principalmente, pela desburocratizacao da maquina estatal.
Precisamos deixar claro, deputado Edson Brum, que somos competentes no acolhimento de novos parceiros e
de antigos parceiros, como a CMPC, a quem somos gratos e com quem queremos continuar essa parceria. Tenho
conviccao de que esta nao e a palavra isolada deste parlamentar e, sim, o pensamento deste Parlamento.
Passo agora a ouvir os meus colegas deputados, que abrilhantarao a homenagem que fazemos, neste
Parlamento, a CMPC.

O Sr. Edson Brum (MDB)  V. Exa. permite um aparte? (assentimento do orador)
Boa tarde a todos.
Primeiramente, quero agradecer ao deputado Frederico Antunes pela oportunidade, que nos traz essa
homenagem relevante nao so para nos, que vivenciamos essa historia recente, mas especialmente para o Rio Grande do
Sul.
Saudo o presidente dos trabalhos, deputado Vilmar Zanchin; o secretario-chefe da Casa Civil, Sr. Otomar
Vivian, neste ato representando o governador do Estado, Sr. Eduardo Leite; o diretor-geral da CMPC, Sr. Mauricio
Harger e, em seu nome, saudo todos os diretores, colaboradores e agricultores que plantam as arvores necessarias.
Cumprimento o representante do Ministerio Publico, Sr. Daniel Martini; o prefeito municipal de Guaiba, Sr.
Jose Sperotto, ex-colega e um dos lutadores deste setor, nesta Casa.
Registro a presenca do representante da Federacao das Industrias do Estado do Rio Grande do Sul 
FIERGS , Sr. Joao Ruy Dornelles Freire, e do representante da FCDL, Sr. Leonardo Meira.
Em nome da bancada do MDB, trazemos o abraco e o reconhecimento pelos 10 anos da CMPC, mas tambem
pelos 100 anos da empresa que adquiriu a unidade da Aracruz Celulose, no Municipio de Guaiba.
Falando sobre isso, e importante relembrar algumas coisas, se me permite o diretor Mauricio Harger.
Parabenizando a empresa e a cumprimentando pelo empreendedorismo, pela coragem de investir no Brasil, de
ampliar os seus negocios, especialmente no Rio Grande do Sul, quero fazer uma homenagem aquele que foi um dos
maiores responsaveis por este momento, o engenheiro Walter Lidio Nunes. Engenheiro que, juntamente com a Stora
Enso, a Votorantim Celulose, a Epica, a Aracruz  que ja foi Fibria, Riocell e, para os mais antigos, Borregaard , por
meio de investimentos em tecnologia, ajudou a fazer mais do que as leis determinam em relacao a questao ambiental.
A luta nao foi facil. Esta Casa participou de varias audiencia publicas. Fomos a Finlandia, para buscar
exemplos e contribuicoes. Foi feito um investimento de 5 bilhoes de reais, iniciado no governo Rigotto, mantido pelo
governo Yeda e apoiado pelos governos Tarso e Sartori, para chegarmos neste momento. Foi algo que se tornou um
objetivo de Estado, e nao de um governo ou de outro.


Importante: Todos os documentos armazenados para fins de busca e exibição no Radar Oficial são documentos de conhecimento público e disponibilizados por fontes oficiais em seus sites originais.