Busca de Diários Oficiais


Diário RS - Legislativo

DIARIO OFICIAL DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Porto Alegre, terca-feira, 12 de novembro de 2019.

PRO 75

Presidente Alderi do Prado, em tempo dificeis para o nosso Estado e para o nosso Brasil, entendo
que este Parlamento tem o dever de enaltecer os bons exemplos das boas gestoes no caminho do
desenvolvimento, especialmente, esse modelo de sistema cooperativo adotado pela nossa Creral.
A capacidade de organizacao no meio rural transformou a vida de inumeros homens, mulheres e
familias da Regiao Norte do Rio Grande Sul. Mais de 50 anos passaram-se do dia em que 396 agricultores
de 26 Municipios da Regiao do alto Uruguai, Regiao Nordeste, uniram-se para mudar a realidade do meio
em que viviam.
Naquele tempo, enquanto o mundo acompanhava a revolucao cultural na China, a televisao fazia a
primeira a transmissao de imagens via satelite, e o homem chegava a Lua pela primeira vez, na Apolo 11.
Muitas familias viviam na escuridao, nos confins dos campos deste Rio Grande do Sul. Iluminar a casa
propria quase era uma esperanca remota. Ter a luz era quase impossivel.
Naquela epoca, Sr. Presidente, quando a noite chegava, homens e mulheres acendiam lampioes,
alimentados pela querosene, alimentados pela banha de porco, alimentados pelas velas, para iluminar o
ambiente familiar e proteger os filhos das longas escuridoes das noites.
Naquele momento, a luz chegava e representava o sonho e o conforto para as pessoas. Alimentava
a imaginacao dos colonizadores das pequenas propriedades rurais, onde maos e bracos calejados pelo
trabalho aravam as terras com juntas de boi, para tirar o proprio sustento. Essa era a realidade em 1969.
Naquele tempo, a escuridao das noites iniciava apenas com o por do sol e chegava, ao seu final, no
fim da madrugada.
Os primeiros projetos para acalentar a esperanca surgiram de algumas propriedades, onde
empreendedores rurais da epoca produziam a propria energia por meio de pequenos engenhos tocados a
agua, que convertiam a energia mecanica em eletrica, por meio de uma inducao eletromagnetica gerada em
pecas de dinamo.
Para quem vivia na escuridao, iluminar a residencia com recursos proprios era motivo de muita
alegria e satisfacao.
A empresa estatal de distribuicao do nosso Estado nao demonstrava, naquele momento, interesse
em repassar o servico aos moradores la do fundo do campo. O alto custo para construir as redes
inviabilizava a distribuicao igualitaria da energia eletrica
Inconformados com o abandono e dispostos a construir uma nova historia, um grande grupo de
trabalhadores rurais decidiu formar uma sociedade cooperativa com foco na infraestrutura.
Era uma quarta-feira, 23 de julho de 1969, periodo de lua nascente, marcado por manchetes nos
jornais que anunciavam o homem na lua, e que a ponte lua-terra era uma realidade. Nestas galerias, esta um
dos homens que esteve presente naquele momento historico. Mais uma vez, seja bem-vindo, nosso querido e
sempre ministro, grande e valoroso homem da nossa regiao, Odacir Klein.
Aqui esta um dos homens que iniciou essa caminhada, presenciando com seus olhos, com a sua
emocao e com o seu coracao, essa deferencia do nosso Parlamento. Competente advogado, deputado
federal, socio-fundador da Creral, periodo em que foi prefeito da nossa Getulio Vargas, conselheiro
responsavel pela articulacao entre os demais prefeitos. E ai nasce o espirito da lideranca que vai juntar


Importante: Todos os documentos armazenados para fins de busca e exibição no Radar Oficial são documentos de conhecimento público e disponibilizados por fontes oficiais em seus sites originais.