Busca de Diários Oficiais


Diário PA - Executivo

smartphones, pen drives, receptor, gravador, e outros aparelhos eletronicos que possam comprometer a seguranca da selecao), alem de alarmes
de qualquer especie.
5.7 Recomenda-se que os candidatos nao levem para o local de provanenhum dos objetos relacionados nos itens 5.5 e 5.6. Caso o candidato
porte qualquer um desses objetos, devera desliga-lo e/ou deposita-lo sob
a carteira, guardando o objeto vedado.
5.8 O descumprimento do disposto nos itens 5.5 e 5.6 implicarao na eliminacao do candidato, caracterizando-se como tentativa de fraude, bem
como, sera excluido da selecao o candidato que tiver atitudes que possam
ser interpretadas como desacato ou desrespeito para qualquer um dos
f scais ou responsaveis pela aplicacao da prova.
5.9 Nao sera permitidotambem o uso de bone, chapeu, lencos de cabeca,
viseira e oculos escuros.
5.10 A duracao da PROVA DE SUFICIENCIA TEORICA sera de 03 (Tres)
horas, incluindo o tempo para o preenchimento do Cartao-Resposta.
5.11 Os tres ultimos candidatosdevem permanecer na sala de realizacao
da PROVA DE SUFICIENCIA TEORICA ate que o ultimo deles tenha concluido.
5.12 As respostas as questoes objetivas serao transcritas para o CARTAO
-RESPOSTA com caneta esferograf ca com tinta preta ou azul, devendo
o candidato assinalar uma unica resposta para cada questao. Nao serao
computadas questoes nao assinaladas ou que contenham mais de uma
resposta, emenda ou rasura.
5.13 O candidato e responsavel pelo correto preenchimento do Cartao
-Resposta e pela sua conservacao e integridade, pois nao havera substituicao do cartao, salvo em caso de defeito de impressao.
5.14 O candidato somente podera retirar-se da sala de prova apos
01(uma) horado inicio da mesma, devendo, antes, entregar a um dos
f scais o Caderno de Prova e o Cartao-Resposta. Durante a realizacao da
prova, nao sera permitido ao candidato ausentar-se do recinto, a nao ser
em caso de ser especial e desde que acompanhado por um dos componentes da equipe de aplicacao da prova.
5.15 A candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realizacao da prova devera levar um acompanhante que f cara em local reservado para essa f nalidade e que sera responsavel pela guarda da crianca. A
candidata que nao levar acompanhante para o lactante nao sera autorizada a ingressar no local de prova e, consequentemente, a realizar a prova.
6 DA DIVULGACAO DO RESULTADO E DA CLASSIFICACAO FINAL
6.1 O gabarito preliminar da provasera divulgado no dia 19 de marco de
2019, na Gerencia de Ensino e Pesquisa da FHCGV.
6.2 O gabarito f nal da prova e o Resultado Finalserao divulgados com
data provavel ate o dia 21 de marco de 2019, na Gerencia de Ensino
e Pesquisa da FHCGV. Nao sera fornecido resultado por telefone, fax,
e-mail, ou telegrama.
DOS CRITERIOS DE DESEMPATE
7.1 Em caso de empate na pontuacao f nal da selecao publica tera preferenciao candidato que tiver maior idade cronologica.
DOS RECURSOS
8.1 Apos a divulgacao do gabarito preliminar da PROVA DE SUFICENCIA
TEORICA, o candidato tera o prazo de 48 (quarenta e oito) horas para recorrer, utilizando formulario especif co que estara disponivel na COREME/
GEP da FHCGV, onde devera ser protocolado.
8.2 Os recursos que nao estiverem redigidos no formulario especif co nao
serao analisados.

Sexta-feira, 01 DE MARCO DE 2019
8.3 O candidato devera utilizar um formulario de recurso para cada questao. Recursos com mais de uma questao nao serao analisados. Os recursos interpostos fora do prazo nao serao admitidos nem analisados em seu
merito.
8.4 Serao admitidos recursos relativos ao gabarito, a formulacao e ao
conteudo das questoes da prova, desde que devidamente fundamentados. Nao serao admitidos recursos relativos ao preenchimento incompleto, equivocado, em duplicidade ou incorreto do cartao-resposta, nem pelo
motivo de resposta que apresente rasura.
8.5 No recurso contra o resultado preliminar nao sera permitida a apresentacao de novos documentos, valendo-se o candidato apenas de argumentacao logica e fundamentada.
8.6 Os recursos da PROVA DE SUFICIENCIA TEORICA serao apreciados
por Banca Examinadora especialmente designada para esse f m.
8.7 Nao sera admitidopedido de reconsideracao ou de revisao de resultado de recurso.
9DA MATRICULA
9.1 A matricula sera realizada no dia 22 de marco de 2019, de 08:00 as
16:00 horas, na COREME/GEP da FHCGV, localizada na Tv Alferes Costa
n2000, nesta cidade, devendo o candidato classif cado apresentar a seguinte documentacao em copia (duas vias), acompanhada dos originais:
I-Certif cado de conclusao da residencia ou declaracao de conclusao de
residencia, para inscricao, quando ha necessidade de pre-requisito.
II- Registro da situacao regularizada junto ao Conselho Regional de Medicina do Para  CRM/PA, assim como todos os outros documentos relacionados no item de matricula;
III- Comprovante de Residencia;
IV- Estar em dia com as obrigacoes eleitorais;
V- Diploma de Graduacao em Medicina (copia autenticada).
VI- Estar em dia com as obrigacoes do servico militar (sexo masculino)
VII- No caso de candidatos estrangeiros ou brasileiros graduados ou residencia realizada no exterior, o mesmo devera possuir diploma ou certif cado revalidado em instituicao publica nacional, de acordo com a legislacao
vigente;
9.1.1A matricula sera feita imediatamente apos a escolha da vaga em
que o candidato cursara seu PRM, mediante a apresentacao dos seguintes
documentos obrigatorios de matricula, original e copia:
I- Carteira de identidade;
II- CPF - Cadastro de Pessoa Fisica;
III Comprovante de residencia;
IV- PIS ou NIT;
V- Diploma de graduacao em medicina (frente e verso) ou Certif cado ou
Declaracao de Conclusao do Curso de Medicina  copia autenticada em
cartorio;
VI- Para as especialidades que exigem pre-requisitos devera ser apresentado, tambem, certif cado ou Declaracao de Conclusao da Residencia Medica, credenciada pela Comissao Nacional de Residencia Medica (CNRM/
MEC) ou associacao Medica Brasileira (AMB)  copia autenticada em cartorio;VII- Certidao de Nascimento ou casamento;
VIII- CPTS (parte com foto e verso);
IX- Titulo de Eleitor e comprovante de regularidade com a justica eleitoral;
X- Certif cado militar;
XI- Foto 3 x 4 recente (2 unidades);
XII- Dados bancario para recebimento da bolsa.
9.2 A escolha da vaga e a matricula no PRM pretendido somente serao
realizadas se o candidato convocado comprovar o atendimento dos requisitos estabelecidos no item 9.1.
9.3O nao comparecimento no prazo estipulado implicara na perda da
vaga.
9.4 A nao apresentacao da documentacao exigida implicara na perda da
vaga.
9.5 Na hipotese de restarem vagas no PRM por nao efetivacao da matricula, sera publicada na Gerencia de Ensino e Pesquisa da FHCGV, no dia
27 de marco de 2019, a lista dos novos convocados para efetivacao da
matricula.
9.6 A matricula dos candidatos convocados em segunda chamada sera
efetivada, impreterivelmente, no dia 28 de marco de 2019,devendo ser
observado os itens 10.9 e 10.10. Novas convocacoes poderao ser realizadas ate o preenchimento de vagas remanescentes de acordo com a lista
dos aprovados.
9.7 Os candidatos classif cadosconforme o limite de vagas, porem impossibilitados de cumprir o programa devido a obrigacoes militares, deverao,
apos a efetivacao da matricula, solicitar por meio de requerimento dirigido aCOREME/GEP da FHCGV, conforme o caso, o trancamento do curso,
anexando documentos comprobatorios e convocacao para assegurar a sua
vaga.
9.8 Os candidatos aprovados neste Processo Seletivo nao poderaoutilizar
o PROVAB como dispositivo de trancamento de matricula.
9.9 As matriculas por procuracao serao aceitas desde que mediante instrumento especif co de mandato para matricula de residencia medica,
acompanhado de copia dos documentos do candidato: identidade, CPF,
Importante: Todos os documentos armazenados para fins de busca e exibição no Radar Oficial são documentos de conhecimento público e disponibilizados por fontes oficiais em seus sites originais.