Busca de Diários Oficiais


Diário PR - Com. Ind. e Serviços

retido, decisao tomada na forma do art. 202, 3o, II da Lei das Sociedades por Acoes, ficando a destinacao de tal retencao no futuro, integral ou parcial, para distribuicao de dividendos
aos acionistas mediante deliberacao pelo Conselho de Administracao da Companhia. Desta
forma, os dividendos propostos em 31/12/2017 foram revertidos em sua totalidade. Em
31/12/2018 a reserva de lucros somava R$ 4.960 (R$ 2.181 em 31/12/2017). 16. Remuneracao dos administradores: Durante o exercicio findo em 31/12/2018, a Companhia consignou como remuneracao dos Administradores o montante de R$34 (R$ 34 em 2017).
17. Receita operacional liquida: Conforme requerido pelo CPC 26, a Companhia apresentou a demonstracao do resultado pela receita liquida operacional. Abaixo segue a conciliacao da receita bruta e liquida para os exercicios findos em 31/12/2018 e 2017:
Controladora e Consolidado
31/12/18
31/12/17
10.979
10.627
Receita bruta de servicos
Deducoes da receita:
Impostos federais
(1.011)
(849)
Impostos municipais
(358)
(354)
(78)
(1.205)
Notas canceladas
(1.447)
(2.408)
Total das deducoes
9.532
8.219
Receita operacional liquida
18. Despesas operacionais por natureza:
Controladora e Consolidado
31/12/18
31/12/17
Custos dos servicos prestados
(5.085)
(4.481)
(227)
(385)
Despesas gerais e administrativas
(5.312)
(4.866)
Total das despesas
Despesas por natureza:
Custos de armazenagem e outros
(1.671)
(1.911)
Despesas gerais e administrativas
(456)
(466)
Depreciacoes e amortizacoes
(411)
(576)
Despesas com transporte e combustivel
(962)
(263)
Despesa com energia eletrica
(137)
(124)
(1.675)
(1.526)
Despesas com pessoal
(5.312)
(4.866)
Luiz Antonio Rodrigues Alves
Diretor Presidente

19. Resultado financeiro:
Despesas financeiras
Despesas bancarias e descontos concedidos
Juros s/emprestimos
Juros s/mutuo
Pis/Cofins sobre receita financeira (1)
Outras
Total
Receitas financeiras
Aplicacao financeira
Juros recebidos
Total
Resultado financeiro liquido

Contro- Contro- Conso- Consoladora
ladora
lidado
lidado
31/12/18 31/12/17 31/12/18 31/12/17
(41)
(10)
(304)
(7)
(17)
(379)

44
(18)
(336)
(4)
(13)
(327)

(42)
(10)
(304)
(7)
(17)
(380)

44
(18)
(336)
(4)
(13)
(327)

157
157
(222)

71
4
75
(252)

278
278
(102)

155
4
159
(168)

20. Instrumentos financeiros: A Companhia nao possui instrumentos financeiros derivativos em aberto em 31/12/2018 e 2017, bem como nao contratou instrumentos desta natureza
ao longo dos periodos mencionados. Os valores constantes nas contas de ativo e passivo,
como instrumentos financeiros, encontram-se atualizadas na forma contratada ate
31/12/2018 e 2017 e correspondem, aproximadamente, ao seu valor de mercado. Os principais instrumentos financeiros da Companhia em 31/12/2018 e 2017 sao como seguem:
Controladora
Controladora
Valor contabil
Valor justo
31/12/18 31/12/17 31/12/18 31/12/17
Ativos financeiros
Caixa, equivalentes de caixa (Nota 4)
2.394
1.933
2.394
1.933
2.237
1.916
2.237
1.916
Contas a receber (Nota 5)
4.631
3.849
4.631
3.849
Passivos financeiros
Fornecedores
155
151
155
151
Partes relacionadas (Nota 10)
1.998
4.973
1.998
4.973
101
235
101
235
Emprestimos e financiamentos (Nota 9)
2.254
5.359
2.254
5.359
Consolidado Consolidado
Valor contabil
Valor justo
31/12/18
31/12/17
Ativos financeiros
Caixa, equivalentes de caixa (Nota 4)
4.559
4.000
2.237
1.916
Contas a receber (Nota 5)
6.796
5.916
Passivos financeiros
Fornecedores
155
151
Partes relacionadas (Nota 10)
1.998
4.973
101
235
Emprestimos e financiamentos (Nota 9)
2.254
5.359
O valor justo dos ativos e passivos financeiros e incluido no valor pelo qual o instrumento
poderia ser trocado em uma transacao corrente entre partes dispostas a negociar, e nao em

Diretoria
Suet Lin Wan
Diretora Financeira

Alexandre Rubio Teixeira Pinto
Diretor Comercial e Relacao com Investidores

uma venda ou liquidacao forcada. Disponibilidades de caixa, contas a pagar a fornecedores
e outras obrigacoes de curto prazo se aproximam de seu respectivo valor contabil em grande parte devido ao vencimento no curto prazo desses instrumentos. A Companhia nao possui covenants (clausulas restritivas) e bens dados em garantia, atreladas aos contratos de
emprestimos e financiamentos vigentes. 21. Gestao de capital: O objetivo da gestao de
capital da Companhia e assegurar o inicio e a continuidade de suas atividades a fim de suportar os negocios da Companhia e maximizar o valor aos acionistas. A Companhia controla sua estrutura de capital fazendo ajustes e adequando as condicoes economicas atuais.
Para manter ou ajustar esta estrutura, a Companhia podera com base nas projecoes ajustar
os pagamentos de dividendos aos acionistas, devolver capital a eles ou emitir novas acoes.
A Companhia inclui dentro da estrutura de divida liquida: emprestimos, financiamentos, menos caixa e equivalentes de caixa. Em 31/12/2018 e 2017 o saldo de sua divida e menor que
seu saldo em caixa e equivalentes. 22. Fatores de risco que podem afetar os negocios
da Companhia: As operacoes da Companhia compreenderao a prestacao de servicos de
operador logistico de cargas em geral e gestao e operacao de portos, terminais, centros de
distribuicao e outros. A TCP Log celebrou a Escritura de Emissao, na qualidade de fiadora e
principal pagadora da totalidade das obrigacoes pecuniarias, principais e acessorias, presentes e futuras, assumidas pela Emissora na Escritura de Emissao, renunciando expressamente aos beneficios dos artigos 333, paragrafo unico, 366, 368, 827, 830, 834, 835, 837,
838 e 839 da Lei no 10.406, de 10/01/2002, conforme alterada (Codigo Civil), e dos artigos
130 e 794 da Lei no 13.105, de 16/03/2015 (Codigo de Processo Civil), e responsabilizando-se solidariamente com a Emissora, em carater irrevogavel e irretratavel, pelo fiel, pontual
e integral pagamento do Valor Nominal Unitario, Valor Nominal Unitario Atualizado, do saldo
do Valor Nominal Unitario ou saldo do Valor Nominal Unitario Atualizado, conforme o caso,
da Remuneracao das Debentures previstas na Escritura de Emissao, do Premio de Resgate
e, se for o caso, dos Encargos Moratorios (conforme definido abaixo), bem como todos os
tributos, despesas, indenizacoes e custos devidos pela Emissora com relacao as Debentures, inclusive os honorarios do Agente Fiduciario e as despesas por este efetuadas; e eventuais custos necessarios e comprovadamente incorridos pelo Agente Fiduciario ou pelos
Debenturistas em decorrencia de processos, procedimentos e outras medidas judiciais ou
extrajudiciais necessarios a salvaguarda dos direitos relacionados a Escritura de Emissao
(Obrigacoes Garantidas e Fianca, respectivamente). Risco de credito: Esse risco advem de a possibilidade da Companhia nao receber valores decorrentes de servicos prestados. Para atenuar esse risco, a Companhia adota como pratica a analise detalhada da situacao patrimonial e financeira de seus clientes, estabelecendo um limite de credito e
acompanhamento permanente do seu saldo devedor. 23. Seguros: Em 31/12/2018, as
operacoes sob responsabilidade da TCP Log S.A. tem cobertura securitaria na apolice de
operador portuario do TCP Terminal, com o valor maximo de USD 6 milhoes. A apolice de
seguro tem vencimento em 13/04/2019, sendo que as importancias seguradas e seus limites de indenizacao maximos foram avaliados por perito terceirizado. A suficiencia da cobertura de seguros e de responsabilidade da Administracao da Companhia, que a considera
adequada para cobrir eventuais sinistros.
Contador
Joanir dos Santos Passos
CRC-PR 048980/O7

Relatorio do Auditor Independente Sobre as Demonstracoes Financeiras Individuais e Consolidadas
Aos Administradores e Acionistas da TCP Log S.A. Paranagua - Parana - Opiniao: Exami- responsavel pela avaliacao da capacidade de a Companhia continuar operando, divulgando, planejarmos procedimentos de auditoria apropriados as circunstancias, mas, nao, com o
namos as demonstracoes financeiras individuais e consolidadas da TCP Log S.A. (Compa- quando aplicavel, os assuntos relacionados com a sua continuidade operacional e o uso objetivo de expressarmos opiniao sobre a eficacia dos controles internos da Companhia e
Importante: Todos os documentos armazenados para fins de busca e exibição no Radar Oficial são documentos de conhecimento público e disponibilizados por fontes oficiais em seus sites originais.