Busca de Diários Oficiais


Diário RJ - Just.Est. - II - Judicial - 2ª Instância

agressao patrimonial nao poderiam ter sido tomados sem a previa desconsideracao da personalidade juridica dos acionistas da CBC, que foram ao final surpreendidos sem que tivessem podido exercer previamente o direito de defesa. Quanto as acoes de sua titularidade, sustenta o agravante nao ter participado de qualquer ato fraudulento para proteger seu pai, o real titular dessas acoes. Segundo prossegue o agravante, as acoes que possui na CBC nao foram adquiridas como interposta pessoa de Daniel Birmann. Primeiro porque as acoes nao foram adquiridas de seu pai e segundo porque a aquisicao fez-se com recursos proprios. No item 41 da peticao de agravo, diz o agravante que possuia lastro financeiro para a aquisicao das acoes que hoje possui na CBC, atraves de negocio datado de 2013. Prossegue dizendo que tem prova dos pagamentos e que as acoes foram adquiridas de Arbi Rio Incorporacoes e de Thais Braga Alves Neves, ex-mulher do seu proprio pai e que detinha as acoes em nome proprio, vez que celebrado o matrimonio pelo regime de separacao total de bens. Ainda sobre o lastro financeiro, diz o agravante no

Importante: Todos os documentos armazenados para fins de busca e exibição no Radar Oficial são documentos de conhecimento público e disponibilizados por fontes oficiais em seus sites originais.