Busca de Diários Oficiais


Diário MG - Município de Belo Horizonte

Terca-feira, 1 de Julho de 2014
Ano XX - Edicao N.: 4587
Poder Executivo
Capa
PROJETO ARENA DA CULTURA GANHA PREMIO INTERNACIONAL
Premiacao e um estimulo para a ampliacao do projeto, que caminha para se transformar na Escola Livre de Artes
Dedicado a promover a formacao cultural descentralizada, o projeto Arena da Cultura, desenvolvido pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundacao Municipal de Cultura (FMC), foi reconhecido internacionalmente como pratica sustentavel. O projeto ganhou a primeira edicao do Premio Internacional CGLU - Cidade do Mexico - Agenda 21 da Cultura, organizado pela Rede Cidades e Governos Locais Unidos (CGLU), importante organizacao internacional de governos locais. O anuncio foi feito no ultimo dia 19, durante reuniao do Bureau Executivo da CGLU, em Liverpool, na Inglaterra.
O Premio Internacional CGLU - Cidade do Mexico - Agenda 21 da Cultura e voltado a cidades e pessoas que se destacam pela contribuicao para a cultura como pilar do desenvolvimento sustentavel. O projeto Arena da Cultura foi o vencedor na categoria Cidade, Administracao Local ou Regional, que homenageia uma cidade, local ou governo regional cuja politica cultural tem contribuido significativamente para relacionar os valores da cultura (patrimonio, diversidade, criatividade e transferencia de conhecimento) com a governanca democratica, a participacao cidada e o desenvolvimento sustentavel. O premio reconhece uma politica, um programa ou um projeto original, que desenvolve explicitamente os principios da Agenda 21 da Cultura. O projeto belo-horizontino concorreu com mais de 50 projetos de diversas partes do mundo.
O juri foi presidido pelo coordenador geral de Assuntos Internacionais do Governo da Cidade do Mexico, Cuauhtemoc Cardenas Solorzano, e integrado tambem pelo professor e pesquisador em politica e gestao cultural, especialista na Agenda 21 da Cultura, Gonzalo Carambula, pela chefe da Secao de Diversidade das Expressoes Culturais da Unesco, Danielle Cliche, pela presidente da Comissao de Cultura da Agenda 21, Catherine Cullen, e pela diretora do Programa de Estudos Universitarios da National City Universidade Autonoma do Mexico, Alicia Ziccardi.
O premio concedido ao Arena da Cultura, em Liverpool, significa o reconhecimento de um projeto maduro e com forte componente transformador, papel essencial da arte. Esse reconhecimento fortalece o caminho trilhado na Fundacao Municipal de Cultura para coloca-lo na linha de frente da nossa politica de formacao artistica e de publico. E mais um passo para a sua institucionalizacao como Escola Livre de Artes, disse o Presidente da FMC, Leonidas Oliveira.
Alem do reconhecimento, Belo Horizonte e o projeto Arena da Cultura receberao como premiacao 50 mil euros, que serao aplicados na promocao internacional do projeto (publicacao de livro, foruns e intercambios internacionais) e, tambem, para fortalecer a implementacao local da Agenda 21 da Cultura. A cerimonia de premiacao sera no dia 11 de novembro, na Cidade do Mexico.
O premio e o reconhecimento ao protagonismo internacional de Belo Horizonte, especialmente no que se refere a pratica e a materializacao do conceito contemporaneo de sustentabilidade, que incorpora um forte compromisso com a cultura, a democracia e a inclusao social, destacou o secretario municipal adjunto de Relacoes Internacionais, Rodrigo Perpetuo.
O Arena da Cultura
O projeto Arena da Cultura foi criado pela Prefeitura de Belo Horizonte em 1998 e esta presente nas nove regioes administrativas da cidade, oferecendo cursos e oficinas de longa duracao em seis modalidades artisticas (danca, circo, musica, artes visuais, teatro e patrimonio cultural). As oficinas sao organizadas em tres ciclos de formacao: iniciacao, aprofundamento e especializacao, realizados em modulos que variam de um a quatro semestres, ao longo de ate quatro anos.
O projeto Arena da Cultura e o eixo norteador da Acao de Formacao Artistica e Cultural desenvolvida pela Fundacao Municipal de Cultura e conta com uma equipe de coordenadores responsaveis por propor, acompanhar e avaliar os trabalhos desenvolvidos. Dispoe, ainda, de uma equipe pedagogica formada por profissionais que dinamizam os processos formativos, conceituais e metodologicos, alem da permanente reflexao em cada uma das linhas de atuacao.
Escola Livre de Artes
A Fundacao Municipal de Cultura trabalha atualmente no processo de expansao do projeto Arena da Cultura, transformando-o na Escola Livre de Artes. A expansao sera tanto fisica quanto de conteudos oferecidos. Em maio, a FMC promoveu o seminario Uma escola livre de artes para Belo Horizonte para discutir a politica publica de formacao em arte e cultura. A instalacao e o inicio dos trabalhos da Escola Livre de Artes estao previstos ainda para este ano.
CGLU
A Cidade e Governos Locais Unidos e uma organizacao com sede em Barcelona, que reune governos locais autonomos e democraticos, promovendo seus valores, finalidades e interesses, por meio da cooperacao entre os governos locais e a comunidade internacional. Esta presente em 127 paises, mais de mil cidades e conta com 112 associacoes de governos locais. Para saber mais, acesse www.uclg.org
  
Importante: Todos os documentos armazenados para fins de busca e exibição no Radar Oficial são documentos de conhecimento público e disponibilizados por fontes oficiais em seus sites originais.